quinta-feira, junho 30, 2016

[Livro] A Coroa

Olá neblineiros!

Como estão? Espero que bem. 

Vocês tem nos acompanhado no Instagram? Não? Então corre lá e nos segue: @livroeneblina. 

Temos postados algumas novidades e ontem, saiu uma prévia do que seria a resenha de hoje. Bora conferir a resenha do último livro da série a Seleção?

Título Original: The Crown
Autora: Kiera Cass
Páginas: 310

☁ ☁ ☁

Sinopse: Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

Não me levem a mal, eu amo a escrita da Kiera, mas que livro foi esse? A Coroa está muito abaixo dos demais livros de A Seleção... para quem acompanhou todo o desenrolar do Conto de Fadas de América e Maxon, fica totalmente decepcionado com o  desfecho da Série. 

Eadlyn, apesar de herdeira do trono, não tem todo o carisma de sua mãe, e a meu ponto de vista, nem o charme de seu pai, Do seu antecessor, A Herdeira (resenha aqui), vemos poucas mudanças em sua personalidade e a personagem não cresce, ela amadurece apenas para se tornar futura rainha de Illéa, porém, para por ai. 

Em muitos momentos, a autora inicia um assunto e simplesmente para, o que decepciona o leitor que espera algo mais. 

Apesar de Eadlyn não crescer na trama, alguns Selecionados ganham espaço, porém nada que nos lembre a Seleção de América. Falando nela, pensa em uma personagem que não aparece... Ahh o Maxon (gato), também mal dá as caras, além dele ter se tornado uma pessoa 100% dependente da esposa.

Mudando um pouco do foco da estória em si, a escrita da Kiera é super tranquila, quem já leu seus livros anteriores vai entender o que estou falando e se você tiver um tempinho, vai conseguir ler um um dia ou dois, sendo bem otimista. No meu caso, eu li em uma semana (What!???) porque o livro não prendeu a minha atenção, por isso toda a demora para concluir.

Apesar dos pesares, o livro encerra a série que vai deixar saudades, e nos prova que as vezes, o autor não precisa seguir as solicitações dos leitores, pois temos um livro muito corrido que desgasta a leitura.

Apesar disso, não podemos esquecer que em breve, temos novidades com o filme da série, que parece que finalmente saiu do papel e vai para as telonas (a Milla e eu fizemos um Dreamcast, que você pode conferir aqui) e vamos poder nos emocionar mais uma vez com esse conto de fadas.


E abaixo, vocês conferem o booktrailer do livro.


O livro já está disponível em todas as livrarias físicas e onlines do Brasil.

Até a próxima! XOXO




Séries para assistir até Game of Thrones voltar

Olá, neblineir@s!

Como estão?
Estou tô bem rs

Como você devem saber, dia 26/06 foi exibido o último episódio da sexta temporada de Game of Thrones :(
E só ano que vem agora, e terá menos episódios :( :(
Após o excelente Battle of Bastards, fomos presenteados com o maravilhoso Winds of Winter, que também é o nome do próximo livro. Parece que o inverno chegou afinal de contas e os mortos vem junto!.



Pois é, essa foi a melhor temporada de todas na minha opinião, e meus domingos ficarão mais sem graça sem essa série maravilhosa. Então, para vocês que se sentem como eu, listo aqui alguma séries para vocês assistirem que podem suprir em parte a falta que GoT dará.


O que farei sem GoT???


Sherlock (BBC)




A série estreou em 2010 e está na terceira temporada, a quarta chega em janeiro de 2017. Se Game of Thrones nos faz esperar um ano, essa faz esperar DOIS!
Baseado nos livros de Sir Arthur Conan Doyle, essa série retrata os casos investigados pelo detetive mais famoso do mundo nos dias atuais. Estrelada pelos maravilhosos Benedict Cumberbatch (Sherlock) e Martin Freemam (John), e escrita por Steven Moffat e Mark Gatiss (ambos também responsáveis por alguns episódios de Doctor Who, que falarei adiante).
São três episódios por temporada (!!!), cada um com uma hora e meia de duração! Vale a pena!

Sense8 (Netflix)



Outra série cuja temporada volta ano que vem, se não me engano haha
Sense8 foi criada por Lana e Lily Wachowski (de Matrix e V de Vingança), que conta as histórias de oito pessoas conectadas mentalmente. Após o suicídio de uma garota, essas oito pessoas passam a ter uma conexão mental, e com o tempo ele aprendem a controlar essa conexão e se ajudar.
P.S: não assista essa série com seus pais ;-)

Shadowhunters (Freeform/Netflix)



Baseada nos livros Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare, conta a história de Clary (Katherine McNamara), que descobre ser parte de um mundo no qual demônios, lobisomens, fadas e vampiros existem e ela faz parte de um grupo cujo propósito é caçar demônios, bem como sua mãe, mas esta se escondeu desse mundo e nunca contou a respeito para a filha. A série estreou em janeiro de 2016, é exibida pela Freeform nos EUA e, no dia seguinte, o episódio pode ser encontrado na Netflix. A segunda temporada está sendo gravada e estreia em janeiro do ano que vem.

Once Upon A Time (ABC)



Série que estreou em 2011, criada por Adam Horowitz e Edward Kitsis, é uma releitura dos contos de fadas que conhecemos. Temos Branca de Neve, a Rainha Má, Bella, Rumplestiltskin, entre outros personagens. Entre flashbacks no Reino Encantado e na Storybrooke dos dias atuais, Emma Swan (Jennifer Morrison) recebe a visita de seu filho que deu para adoção Henry (Jared Gilmore), que tenta convencê-la de que é filha de Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) com o Príncipe Encantado (Josh Dallas). No começo ela não acredita, mas vai até Storybrooke para saber mais. A cada temporada conhecemos sobre o passado dos personagens, bem como temos personagens novos. Bem, não novos, mas aparecem diferentes do que conhecemos.
Once Upon a Time terá sua sexta temporada exibida a partir de setembro.

Demolidor (Netflix)



Olha a Netflix aí de novo! Deus a abençoe <3
Essa série conta a história de Matt Murdock (Charlie Cox). Sofreu um acidente quando criança, o que lhe custou a visão. Com a morte do pai, ele tutelado por Stick, também cego, que o treina. Adulto, Matt se torna advogado e funda um escritório com seu amigo Foggy Nelson (Elden Henson). Dr dia é um advogado tentando ganhar a vida, de noite, é o Demolidor, justiceiro implacável, que derruba qualquer um que tente destruir Hell's Kitchen. É uma das séries resultantes da parceria entre a Netflix e a Marvel: serão quatro séries, cada uma de um herói, e outra na qual eles se unem. São eles: Demolidor, Jéssica Jones - falarei já já - Punho de Ferro, ainda vai estrear, e Luke Cage, também ainda vai estrear, e eles se unirão em Os Defensores.
Demolidor terá sua terceira temporada no próximo ano.

Jessica Jones (Netflix)



Como eu disse, outra série resultante da parceria Netflix-Marvel. Jessica (Krysten Ritter) é uma investigadora particular com força sobre-humana,com relativa capacidade de voo ("é mais como um salto", diz ela). Foi heroína com o codinome Safira durante um tempo, até conhecer Kilgrave (David Tennant), que tem o poder de fazer todos fazerem o que ele mandar. Quero dizer, se ele mandar você ir até ele, você vai;se você ele mandar você se jogar de um prédio, você vai. Sem precisar de armas ou ameaças. ele só manda e você (ou qualquer um que tiver o azar de cruzar seu caminho) faz. É claro que ele faz isso para o mal, significando dizer que ela, após muito esforço, escapou dele e deixou de ser heroína para abrir a Codinome Investigações (ou Alias, em inglês). Mas ela fica sabendo que ele está de volta. E está procurando por ela.
A segunda temporada da série está prevista para 2018 </3, após Defensores
P.S: não assista com seus pais hm

Doctor Who (BBC)



Uma das minhas séries favoritas, amo muito <3
Doctor Who conta as aventuras do Doutor, cujo nome nunca foi relevado, um alien que fugiu de seu planeta natal e veio parar na Terra. Junto com seus companyons, ele viaja pelo tempo e espaço a bordo da TARDIS (Time And Relative Dimension In Space - Tempo e Dimensão Relativa do Espaço), uma nave com aparência de cabine telefônica dos anos 60 e é maior por dentro!!!!.
Exibida pela primeira vez em novembro de 1963, até 1989, foi retomada em 2005 com Christopher Eccleston como Doctor e Billie Piper como Rose, sua companyon. Por causa dessa retomada, a série se divide em clássica (1963 - 1989) e moderna (2005 até agora).
A décima temporada está prevista também para o próximo anos.

Narcos (Netflix)



Netflix sempre nos salvando, hein hahaha
Série que estreou ano passado, estrelada por Wagner Moura, Pedro Pascal e Boyd Holdbrook. Retrata a vida do maior traficante da América Latina, se não do mundo: Pablo Escobar (interpretado por Wagner). A serie tem dez episódios, foi renovada para segunda temporada e se passa a maior parte na Colômbia, onde Pablo morou. Na série, vemos a trajetória de um simples cara que queria construir casas para o maior fornecedor de cocaína da América Latina.
P.S: outra série pra não ver com seus pais

Gilmore Girl (CW)



Foi uma das primeiras séries que assisti, adorava! É antiga, estreou em outubro de 2000 HHAHAHA
Conta a história de Lorelay e Rory Gilmore, mãe e filha, que vivem em Stars Hollow. Contam suas rotinas, conversas, medos, sonhos, relações entre vizinhos e colegas.
Todas as temporadas estarão na Netflix (Deus a abençoe) AMANHÃ, DIA 1! E uma nova temporada estará também na Netflix em breve <3

Gotham (Fox)



Série da DC, "rival" da Marvel. Essa conta a história de Batman sob uma nova ótica. Ela começa com o assassinato dos pais de Bruce Wayne (David Mazouz), cuja investigação  cabe a James Gordon (Ben Mackenzie), ainda um jovem detetive. Em vez do foco ser Bruce, a série foca o detetive, mostrando os bastidores da polícia da cidade onde nasceu o Homem-Morcego, que ainda é garoto, mas veremos pequenas nuances do que ele virá a se tornar quando adulto, bem como temos as origens de alguns vilões, como Pinguim (Robert Taylor), Charada (Cory Smith) e Mulher-Gato (Camrem Bicondova, que ainda é uma menina também. É uma série muito boa, a melhor da DC.
A terceira temporada de Gotham está prevista para 19/09

Bem, mesmo que não supra 100% a falta de Game of Thrones, essas séries vão ajudar a passar o tempo até a nova temporada chegar :D
Então, vocês assistem alguma série da lista? Tem outras sugestões? Comente!

quarta-feira, junho 29, 2016

[Livro] Ensaio sobre a cegueira

Olá neblineiros!

Comecei a participar de um grupo de leitores, no qual é escolhido um livro por mês. E nesse mês de junho a leitura era esse livro Ensaio sobre a cegueira, achei muito interessante e então resolvi falar um pouco desse livro para vocês. 
Eu uso óculos e tenho dificuldade para ler sem ele. Agora, imagina enxergar tudo branco! Um mar de leite sem fim! E isso é tudo que você consegue ver… Agora, imagina também que todos que se aproximam se "contaminam" e começam a ver tudo branco como você...

Título Original: Ensaio sobre a cegueira
Autor: José Saramago
Páginas: 310

☁ ☁ ☁



Parado no sinal, um motorista descobre que está cego, conta com a ajuda de um homem que o conduz até sua casa dirigindo seu carro. Com a ajuda da esposa, esse primeiro cego vai até o oftalmologista que não vê nenhuma explicação para sua cegueira "branca". No dia seguinte, tanto o médico como o rapaz que conduziu o primeiro cego até em casa e todas as outras que tiveram contato com ele se descobrem cegos e a tal "cegueira branca" se espalha de forma incontrolável. Os primeiros casos são postos em quarentena num manicômio. A única exceção no meio deles é a esposa do médico que se fez passar por cega para acompanhar o marido.

Em seguida chegam mais casos e o governo decide mandar para lá também os que tiveram contato, deixando uma ala do manicômio para os cegos e outra para os "contaminados", que logo se descobririam todos cegos. Os conflitos começam antes mesmo do manicômio atingir sua lotação máxima.

O livro narra o drama vivido por essas pessoas que se descobrem cegas subitamente e vai na essência do ser humano, mostra como muda as necessidades ao passo que muda a realidade em que se vive. E vai além, mostra até onde o homem é capaz de ir quando vê tolhidos seus direitos primários. E como podemos ser egoístas quando o que está em jogo é a base da pirâmide das necessidades.

Há momentos de muita tensão e há momentos que chega ser engraçado ver um cego passando a perna no outro. O que torna possível o leitor ver todos os ângulos foi que habilmente o autor nos deixou uma pessoa que via tudo, a mulher do médico, e que nos permite acompanhar muitas das cenas a partir de seu ponto de vista (PDV).

A coisa toda toma uma proporção inimaginável e quando os cegos, que antes recebiam suas refeições diárias no manicômio, se encontram livres perambulando pela cidade devastada em busca de alimentos e um lugar para dormir, disputando uns com os outros feito animais, é que nos damos conta do caos que seria um mundo sem pessoas que enxergam.

Quando acaba a leitura nos fazemos algumas perguntas: Será que a cegueira que eles tiveram foi mesmo biológica? Porque será que a mulher do médico não ficou cega? 

E algumas críticas também surgiram: Porque não vimos bebês e crianças cegas? Porque o escritor não separou melhor os diálogos? Porque não pontuou com exclamações e interrogações?

Enfim, mesmo com alguns pormenores super recomendo a leitura.

Mais uma vez é um prazer estar partilhando uma leitura com vocês neblineiros. Até a próxima!

P.S. Para quem estiver com preguiça de ler o livro, que como sempre é bem melhor que o filme, assistam! 
Abaixo o trailer do filme que foi baseado no livro. Atores feras (Julianne Moore, Mark Ruffalo, Danny Glover, Gael Garcia Bernal, Alice Braga, Sandra Oh…) dirigido por Fernando Meirelles.


domingo, junho 19, 2016

[Filme] Como eu era Antes de você

Olá nebilneiros, e neblineiras!

Tudo bem com vocês? 

Esse mês está um pouquinho corrido para nós, então aproveitei o final de semana para dar uma pausa e trazer uma resenha fresquinha para vocês.

Título Original: Me before You
Direção: Thea Sharrock
Nacionaildade: Britânica
Duração: 1h 50 min

☁  ☁  ☁  ☁  ☁ 



Sinopse: Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.

Certo, eu  fiz a resenha do livro lá em Março, e você pode conferir aqui. A resenha não vai ser um filme X livro não. 
Eu quis assistir ao filme pelo fato de Mathew Lewis, ou Neville Longbottom, estar no filme. Apesar de sua participação ser minúscula, eu gostei da atuação dele, não temos mais o menino tímido de Harry Potter.

Outra pessoa que queria ver em cena era: Brendan Coyle, o Mr. Bates de Downton Abbey. Para quem acompanhou a série, sabe que ele é um ótimo ator, e sua participação foi bem curta no filme também.

Vamos falar do casal Will e Louisa.  Eles não são um casal que estamos acostumados a ver, quem leu o livro deve se lembrar que Lou vai para a casa dele para ser sua cuidadora e ao longo do livro eles meio que vão se apaixonando. Ver isso em tela é meio assustador, porque se você sabe o final fica meio decepcionado. Enfim, nada de spoilers. Voltemos aos atores. Sam e Emilia tem uma química muito boa em cena, e Sam, está, vou utilizar aqui a palavra perfeito, no papel de Will, e ao mesmo tempo carismático e você não consegue ficar muito tempo com raiva dele. 

Emilia me surpreendeu, já que eu nunca assisti a Game Of Thrones, então não sabia o que esperar, mas ela é a Loiusa de Jojo das páginas para a tela. Gostei muito do figurino da personagem, pois, a excentricidade de Lou salta aos olhos e deixa todo o drama mais leve. 

A locação no interior de Londres é linda, assim como a trilha sonora que conta com Ed Sheeran e Imagine Dragons, que junto da atuação leva o espectador as lágrimas. No final, era possível ouvir o snif snif das pessoas ao lado, e eu mesma fui pega chorando dentro da sala escura. 

Por ser uma adaptação a achei muito fiel ao livro, o que ajudou bastante foi a própria Jojo ser a roteirista, então sim, algumas coisas foram cortadas, como a relação complicada da Lou com a irmão, muitas corridas com o Patrick e a irmã do Will. Porém, o mais importante que é a relação do Will e da Lou está lá, super cristalina e é de partir o coração.  Eu realmente gostei do filme, e se você estiver equipado de lencinhos e não tiver vergonha de chorar em público, não percam a oportunidade. 

Vale ressaltar que apesar de eu ter destacado alguns atores como destaque, todo o elenco ficou muito bem no papel.

A mim, resta apenas voltar a ler Depois de Você . 

Apesar de algumas criticas sobre o filme serem negativas, principalmente ao que se fala a respeito do Will, vale lembrar que é uma obra de ficção e que em nenhum momento a autora é a favor do que acontece com a personagem do Will. Então, não vão ao cinema achando que o filme é uma crítica a pessoas tetraplegicas, ok? 

Recado dado, espero que quem for ao cinema se encante com a história de Lou e Will. 

Abaixo você pode escutar a música Not Today, do Imagine Dragons, exclusiva para o filme.


Até a próxima. Xoxo

domingo, junho 05, 2016

[Exposição] 2 em 1 - X-em Filme Expo e O Mundo de Tim Burton

Olá neblineiros!

Mês de Junho começando, e eu decidi trazer para vocês algo um pouquinho diferente. 
Hoje, eu tive a oportunidade de ir ao MIS (Museu de Imagem e Som), aqui de São Paulo e conferir duas exposições que estão ocorrendo: X-Men Filmes Expo e O Mundo de Tim Burton.


Vamos iniciar o tour por X-men.

Logo na entrada somos apresentados a fachada da Escola Xavier para Alunos Superdotados. E levados a alguns detalhes do primeiro filme: X-men. 
Ao entrarmos na sala seguinte vamos para X-men 2, com algumas caracterizações e figurinos dos de um dos atores e no final do corredor vamos para X-men: O Confornto Final.
Ok, ok.. tudo lindo e derepente estamos em X-Men Origens,  Priemria Classe, Dias de Um futuro Esquecido, tudo isso eum uma única sala. u.u
Claro, que a cada passo é um clique, maisquem foi a Exposição do Castelo Ra Tim Bum, se sentiu dentro do prórpio Castelo. 

Apesar de ser mega rápida, vale o entretenimento para você conhecer alguns itens de cena. E tirar uma foto se achando o Logan, e ver algumas curiosidades X-Men: Apocalipse.

A X-MEn Filmes Expo é gratuita, e está aberta para visitação desde o dia 17/05 a 05/07.




Logo na entrada somos informados por um funcionário do museu que você não pode fotografar, filmar, encostar em nada da exposição devido a direitos autorais.

Depois desse balde de água fira, entramos praticamente na cabeça do diretor, e foi meio decepcionante, pois logo na primeira grande sala podemos ver alguns esboços, e um explicação sobre o Tema Horror/Humor, que vemos em seus filmes. 

Terminada a sala, você tem duas opções, decer a escada o um escorregador (Muito mais divertido) para conferir as salas finais da Exposição.

Vemos mais alguns exboços e fotagrafiad, tiradas pelo diretor em alguns sets de filmagem. 

Ponto alto da Exposição, e que eu achei o máximo, a linha do tempo com todos os Projetos realizados e públicados dele. Vemos, Bataman, O Estranho Mundo de Jack, Os fantasmas se divertem, Marte Ataca... e encerramos com Frankenweenie.
Ok, a Exposição termina, mais anda tem uma sala com T-O-D-O-S os filmes apresentados na Exposição, e você pode assistir, dura quase 2 horas, infelizmente eu não fiquei para ver.

Ao sair você é instigado com uma seta com os dizeres: " O Estranho ainda continua", e você sobe mais um lance de escadas e se decpeciona. Afinal, vocÊ foi direcionado a uma mostra de propaganda. 

A Exposição teve início em 04/02 e encerra amanhã 05/06, apesar da minha opinião vocÊ pode ser um grande fã do diretor e se maravilhar com a Exposição, que tal "colar" lá nesse domingão e depois me dizer o que achou? 






Para quem for até amanhã ao MIS - SP, poderá fazer duas visitas em uma e conferir também a Exposição O Mundo de Tim Burton.

O ingresso pode ser adquirido na bilheteria sem nenhum problema (pelo menos eu não tive). 

Espero que tenham se interessado pelas mostras. 

E depois de conferir as exposições, você pode ir até a lojinha e levar para cada um lembrança.

Imãs e Botton super fofo 
Mais informações em: MIS - SP